terça-feira, 16 de abril de 2013

Padre argentino foi expulso da Igreja por defender casamento gay.

O padre argentino José Nicolás Alessio foi expulso da Igreja por ser favorável ao casamento homossexual.

“Mais de 30 servindo ao povo de Deus não significam nada para a Igreja Católica. Tudo porque eu fui ter uma opinião diferente do arcebispo”, disse Alessio.

O arcebispo em questão é o papa Francisco. Em 2010, durante a briga da Igreja com o governo da presidente Cristina Kirchner, que tentava legalizar o casamento gay, Alessio se declarou favorável ao tema.

O padre foi suspenso e as investigações sobre ele foram conduzidas pelo papa que na época era arcebispo de Buenos Aires.


Fonte CenaG

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

CINEMATECA GLS

Arquivo de Homens

De Homem para Homem

ASSIM EU ME APAIXONO

ENTRE IGUAIS