quarta-feira, 25 de junho de 2014

Filha de presidente de Cuba lamenta homofobia no país

A sexóloga e filha do presidente Raúl Castro, Mariela Castro, lamentou na última segunda-feira (23), que o novo Código do Trabalho não elimine a discriminação por orientação sexual.

"Continuo afirmando que a discriminação pela identidade de gênero está pendente em nossa legislação", postou Mariela no site do Centro Nacional de Educação Sexual, dirigido por ela.

Mariela ressaltou que havia um compromisso do Partido Comunista, firmado em 2012, para acabar com qualquer tipo de discriminação na ilha, incluindo a orientação sexual, mas a nova lei trabalhista ignora o acordo.

Fonte ACapa

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

CINEMATECA GLS

Arquivo de Homens

De Homem para Homem

ASSIM EU ME APAIXONO

ENTRE IGUAIS