segunda-feira, 23 de junho de 2014

Veja quem são os atletas gays assumidos

Robbie Rogers se assumiu gay num ambiente tradicionalmente refratário aos gays, o futebol . Foto: Getty ImagesRobbie chegou a se aposentar após sair do armário em março de 2013, mas retornou aos campos. Foto: Getty ImagesO mergulhador  inglês Tom Daley se assumiu em 2013 em um vídeo divulgado em suas redes sociais. Foto: Getty ImagesTom Daley  é tão querido na Inglaterra que  foi chamado para protagonizar uma campanha da marca Adidas . Foto: DivulgaçãoDaley é casado com o roteirista americano Dustin Lance Black, vencedor do Oscar . Foto: Getty ImagesMichael Sam se prepara para ser o primeiro jogador de futebol americano da NFL. Foto: APSam comemorou a convocação para NFL beijando o namorado. Foto: Reprodução/InstagramEx- jogador de futebol alemão que participou da Copa do Mundo, Thomas Hitzlsperger se assumiu em uma entrevista a um jornal inglês. Foto: Getty Images'Desejo que essa questão avance no mundo do esporte profissional', disse Thomas ao se assumir em janeiro de 2014. Foto: Getty ImagesA jogadora de handbol Mayssa Pessoa afirmou em uma entrevista de 2012 que é bissexual . Foto: Getty ImagesJogador de Vôlei Michael se assumiu após sofrer ofensas da torcida do time rival em 2011. Foto: DivulgaçãoO jogador de basquete Jason Collins foi o primeiro atleta em atividade da liga NBA a se assumir homossexual . Foto: Getty ImagesJason se assumiu em uma entrevista à revista Sport illustrated, uma das mais conceituadas do mundo. Foto: Getty ImagesO mergulhador brasileiro Ian Mattos se assumiu em janeiro de 2014: 'Você pode ser gay e feliz' . Foto: Alice KohlerO mergulhador australiano Matthew Mitcham se assumiu em 2008, quando se preparava para as Olimpíadas de Pequim . Foto: Getty ImagesMatthew foi o primeiro atleta australiano assumido a participar de uma Olimpíadas . Foto: Getty ImagesO boxeador porto-riquenho Orlando Cruz se assumiu gay em 2012 e se casou com o parceiro em novembro de 2013. Foto: Getty ImagesGareth Thomas é recordista de partidas na seleção de rúgbi de País de Gales. Ele assumiu a homossexualidade em 2009. Foto: Getty ImagesA campeão do tênis Martina Navratilova se assumiu em 1985 em sua biografia 'Being Myself' (Sendo Eu Mesma). Foto: Getty ImagesA tenista Billie Jean King teve sua orientação sexual divulgada em 1981, em meio a um processo judicial . Foto: APA tenista francesa Amelie Mauresmo, se assumiu lésbica em 1999. Foto: Getty ImagesA jogadora de basquete Seimone Augustus sempre se posicionou como lésbica. Foto: Getty ImagesO jogador de basquete Kevin Grayson se assumiu em uma entrevista em abril de 2013. Foto: DivulgaçãoBrittney Gringer, que também joga basquete, falou publicamente sobre sua homossexualidade em 2013. Foto: Getty ImagesA ciclista Judith Arndt vivia com a parceira, Petra Rossner, atleta da mesma modalidade, desde 1996, mas elas assumiram publicamente no Gay Games. Foto: Getty ImagesA jogadora de hadbol Rikke Skov e se casou com a ex-colega de profissão Lotte Kiærskou, que se aposentou para dar a luz às filhas do casal . Foto: Getty ImagesA jogadora de futebol sueca Lisa Dahlkvist tornou pública sua orientação em 2008. Foto: Getty ImagesA goleira da Suécia Hedvig Lindahl também é lésbica. Foto: Getty ImagesIntegrante do time mais fora do armário, Jessica Landström é tambem sueca. Foto: Getty ImagesA jogadora inglesa de futebol Lianne Sanderson conheceu sua esposa em campo ... Foto: Getty ImagesA também jogadora Joanna Lohman, Juntas elas se mudaram da Inglaterra para Espanha onde fundaram uma escola de futebol feminino  . Foto: DivulgaçãoMegan Rapinoe joga futebol pela seleção dos EUA e se assumiu em uma entrevista à revista OUT em 2012. Foto: Getty ImagesA jogadora de volêi de praia Natalie Cook é lésbica e já participou de cinco olimpíadas . Foto: Getty ImagesA tênista Lisa Raymond é uma das mais importante do mundo e assumidamente lésbica . Foto: Getty ImagesO ex-mergulhados Greg Louganis ganhou cinco medalhas olímpicas e só se assumiu após a aposentadoria . Foto: Getty ImagesGreg Louganis (de gravata vermelha) se casou com o parceiro Johnny Chaillot em junho de 2012. Foto: Getty ImagesA jogadora de hóquei sobre a grama dos países baixos Marilyn Agliotti sempre foi assumidamente lésbica . Foto: Getty ImagesAssim como a parceira de time, Maartje Paumen. Foto: Getty ImagesEdward Gal é um cavaleiro holandês abertamente gay . Foto: Gety ImagesAssim como o cavaleiro Carl Hester. Foto: Getty ImagesLarissa França se aposentou em dezembro de 2012 e só então se assumiu lésbica ao se casa com a também jogadora de vôlei de praia Lili Maestrini. Foto: Getty ImagesO ex-jogador de futebol americano Wade Davis se assumiu apenas em 2012 , após a aposentadoria . Foto: GlaadBilly Beane, ex-jogador de beisebol e técnico, se assumiu gay em 1999 e sua história deu origem ao filme 'O Homem Que Mudou o Jogo' (2011). Foto: Getty ImagesA jogadora de hóquei norte americana Caitlin Cahow sempre foi assumida. Foto: Getty ImagesO nadador Ari -Pekka Liukkonen se assumiu para chamar atenção das leis antigays da Rússia, que sediaram os jogos olímpicos de inverno em 2013  . Foto: Reprodução/Facebook/YoutubeO ex-patinador Brian Boitano se assumiu gay após ser convidado a integrar a delegação dos jogos olímpicos de inverno na Russia em 2013. Foto: APJohn Fennell, atleta da modalidade luge de descida em trenó, se assumiu gay em entrevista a jornal . Foto: Getty Images
ONU fez apelo para que jogadores se assumam durante a Copa do Mundo. Mas o futebol se mostra muito menos tolerante à diversidade sexual do que outros esportes
Nesta semana, a alta comissária de Direitos Humanos da ONU Navi Pillay fez um apelo para que jogadores gays se assumam durante a realização da Copa do Mundo no Brasil, num apelo pela diminuição da homofobia e pela promoção da aceitação da diversidade sexual no esporte.
São poucas as chances do apelo de Pillay ser atendido. E o motivo não e a inexistência de homossexuais no futebol, mas sim um ambiente ainda muito refratário a jogadores assumidos. A Copa, especificamente, é muito menos aberta à diversidade sexual do que as OlNas últimas edições dos Jogos Olímpicos, em Londres (2012), houve um recorde de participantes LGBT. Foram 23 no total, segundo um levantamento do site OutSport. Em Pequim (2008), foram 10 e em Atenas (2004), 11. A Copa de 2014, por sua vez, não traz nenhum participante homossexuais assumidos.
Na verdade, em atividade, há apenas um único jogador de futebol assumidamente gay: o americano Robbie Rogers. Ele chegou a se aposentar após sair do armário em março de 2013. mas acabou voltando aos campos depois do apoio público que recebeu dos fãs e das comunidades esportiva e LGBT.

Em outros esportes importantes, há outros atletas que desbravaram esse caminho da liberdade. No basquete, o americano Jason Collins foi pioneiro ao se assumir gay ainda em atividade, em abril do último ano. O ineditismo de sua atitude se deu por ele ser o primeiro atleta assumido entre os membros das principais ligas esportivas profissionais de todo os EUA.

Quem também se prepara para fazer história é o jogador de futebol americano Michael Sam, que ao que tudo indica será o primeiro jogador gay da NFL, a principal liga do esporte no mundo.
Sam emocionou a todos, primeiro com um vídeo comunicando sua orientação sexual no prestigiado jornal New Yok Times, em fevereiro deste ano. Depois, ele deixou todos com os olhos cheios de lágrimas ao beijar o namorado quando foi pré-convocado para NFL.

Outro atleta que não pode deixar de ser citado é o mergulhador britânico mergulhador Tom Daley, atleta do salto ornamental, que anunciou ser gay em um vídeo postado em seu perfil no Twitter, em dezembro de 2013.
“Desde a primavera deste ano, minha vida mudou drasticamente quando conheci alguém e isso me deixou muito feliz, seguro e tudo ficou melhor. É esse alguém é um um cara”, afirmou. Meses depois Tom assumiu que a relação era com o roteirista Dustin Lance Black.
Muitos antes destes jovens atletas se assumirem, alguma figuras foram fundamentais para abrir o caminho para atletas homossexuais falarem abertamente de sua orientação sexual.

A tênista tcheca naturalizada americana Martina Navratilova, por exemplo, falou abertamente de sua homossexualiade em sua biografia "Being Myself" (Sendo Eu Mesma), lançada em 1985.

Já a também tenista Billie Jean King se tornou a primeira atleta profissional assumida ao se ver envolvida em um processo judicial, no qual se tornou público que ela era lésbica, em 1981. Atualmente ambas são grandes defensoras dos direitos LGBT, especialmente no esporte.

Fonte igay

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

CINEMATECA GLS

Arquivo de Homens

De Homem para Homem

ASSIM EU ME APAIXONO

ENTRE IGUAIS